Consulta do Viajante

Quando viajamos desejamos muito que as coisas corram como planeado, que o tempo esteja bom, não perder nenhum meio de transporte, etc… mas e se ficarmos doentes? Poderá ser muito mais grave que uma tempestade e estragar a viagem.

Há situações que são inevitáveis, mas também há muito a fazer para prevenir e a saúde em viagem deverá ser uma das nossas principais preocupações. Por vezes, colocamos a nossa saúde em risco por falta de informação e ouvimos diferentes opiniões, por isso, nada melhor que ouvir os conselhos de quem realmente percebe. E para isso recomendo a consulta do viajante.

O que é a consulta do viajante?

É uma consulta que, antes da viagem, dá a conhecer ao viajante quais as medidas preventivas (proteção e higiene individual, higiene alimentar e medicação preventiva), medicação relevante e as vacinas obrigatórias (por uma questão de saúde pública) para destinos que comportam algum risco.

Informa quais as medidas a adoptar antes, durante e depois da viagem, de acordo com o destino, tipo de viagem e o próprio viajante.

Quando devo recorrer à consulta do viajante?

Para a Direção Geral de Saúde (DGS), sempre que viaja para países longínquos, fora da Europa, para recorrer a aconselhamento médico pré-viagem. Na prática, esta consulta está mais indicada em caso de viagem para países sub-desenvolvidos e ambientes rurais em África, sudoeste Asiático, América do Sul, América Central e ilhas do Pacífico.

Quando viaja, deve estar alerta sobre os cuidados a ter com a água e alimentos que ingere, como se proteger da picada de insectos e como se adaptar ao novo meio ambiente.

Em caso de dúvida, se há necessidade ou não desta consulta, aconselho a contactar o Centro de Vacinação da área de residência.

Quem realiza esta consulta?

A consulta de saúde do viajante, normalmente é realizada por um médico especialista em doenças infecciosas, medicina tropical ou saúde pública. No entanto, também pode ser realizada por outro médico no exercício das suas competências.

Onde é realizada esta consulta?

Esta consulta pode ser realizada, através do Serviço Nacional de Saúde (SNS), ao longo do país, num dos diversos Centros de Vacinação Internacional e em alguns Hospitais ou Centros de Saúde. Vai depender sempre da sua área de residência e pode consultar no site do SNS para saber o local, horário e contacto (ver aqui).

Outra alternativa será uma consulta num serviço médico privado ou um conceito mais inovador como a consulta do viajante online (Telemedicina).

A Consulta do Viajante em Telemedicina trata-se de uma consulta médica privada realizada por vídeoconferência, previamente marcada e a um preço acessível.

Para isso, recomendo a Andreia Castro, médica especialista em Medicina do Viajante e autora do blog de viagens ME ACROSS THE WORLD. Poderá marcar a sua consulta diretamente no blog, através de um formulário próprio. A Andreia entrará em contacto consigo num prazo máximo de 24h e a consulta será realizada no conforto da sua casa/trabalho, recebendo as receitas por e-mail (marcar aqui).

Com que antecedência devo ir à consulta?

Como qualquer outra consulta, tem que ser previamente marcada e deverá ser realizada com alguma antecedência (6 a 8 semanas antes da partida).

Se for através do SNS, é necessário ter em conta que só é realizada em determinados dias da semana, a sua procura está a aumentar e o tempo de espera pode ser demorado. Por isso, é melhor não contar que possa ser marcada de um mês para o outro, muito menos de uma semana para a outra.

Que documentos levar para a consulta?

Essencialmente, deverá levar o cartão de cidadão e o boletim de vacinas. Caso tome medicação habitual, esta deverá ser referenciada ao médico durante a consulta.

Quanto custa uma consulta do Viajante?

Pelo SNS, o preço equivale à taxa moderadora (5€). Num serviço privado pode variar entre 50€-80€. A consulta online ronda os 25€.

O custo da vacinação também varia com a taxa moderadora e com o tipo de vacina.

Para informação mais detalhada, aceda ao site do SNS.


­­­­­­­­­­­­­­­Prevenir complicações e saber agir perante certas situações poderá fazer toda a diferença. Não arrisque, vá a uma consulta do viajante e siga as recomendações médicas.

Uma opinião sobre “Consulta do Viajante

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s